terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Dicas - cães que ficarão hospedadados em hotéis especializados durante as férias

Nunca é demais voltar a este assunto, especialmente no mês de dezembro, quando se iniciam os preparativos para as festas de fim de ano e férias e muitas vezes surge a necessidade de deixar o peludo em hoteizinhos especializados enquanto a família sai para viajar.

A melhor opção seria levar o peludo junto, mas nem sempre isso é possível. 

Assim, decidido que será necessário deixar o amigo em um hotelzinho, deve-se, em primeiro lugar, escolher um local com boas referências, profissionais qualificados e, especialmente, onde se tenha certeza que os animais de estimação não ficarão presos em gaiolas o tempo todo.

Além disso, o hotel deve dispor de espaço suficiente para que os peludos corram e brinquem, além de locais apropriados para dormirem.

É importante observar se os funcionários tomam cuidados para evitar brigas, separando em ambientes diferentes cães de porte muito antagônicos (mesmo que tenham bom comportamento, não seria seguro deixar um Dogue Alemão correndo solto com um Yorkshire!).

A preparação do cão – antes da hospedagem

Se o peludo tiver uma ligação muito forte com o dono ou caso nunca tenham se separado, deve-se treiná-lo a ser mais confiante e independente algumas semanas antes da data marcada para ser deixado no hotel, para que este período não seja um tormento.

Se for necessário trocar a alimentação, esta providência deve ocorrer gradualmente e pelo menos quatro dias antes da viagem. E caso o amigo tenha problemas de apetite, a dificuldade pode piorar durante a mudança de ambiente. Assim, alguns dias antes, o ideal é tentar tornar a comida mais palatável e orientar o hotel a continuar oferecendo a mesma comida preparada.

Além disso, exercícios e suplementação alimentar ajudam a combater a depressão que pode atingir o peludo. Estas providências devem ser tomadas pelo menos 7 dias antes da viagem, para surtam os efeitos esperados durante o período da hospedagem.

Finalmente, seria bem interessante que o cão já conheça o local e as pessoas que ali trabalham antes do período de hospedagem. A maioria dos hotéis disponibiliza seus serviços por apenas um ou dois dias. Assim, será muito mais tranquilo para o cão estar ali novamente e por um período mais longo.

A preparação do cão – chegou o dia!

E, finalmente, chegou o dia de levar o cão para o hotel durante as férias.

É importante deixar lá seus brinquedos favoritos, potes de água e comida, caminha e a comida com a qual está acostumado. Assim, apesar de estar num local diferente e sem a companhia dos membros da família, o animalzinho terá seus objetos por perto, o que ajudará muito na boa adaptação no local novo.

Além disso, uma dica é deixar também alguma peça de roupa com o cheiro das pessoas queridas para o cão, para que este se sinta mais tranquilo quando estiver no novo ambiente. Este objeto pode ser deixado na caminha do peludo.

Caso a hospedagem se torne algo periódico, o ideal é que o pet seja deixado no mesmo hotelzinho 
nas outras vezes, pois já estará ambientado com as pessoas e com o local. 

Tomando-se estes cuidados simples, garante-se tranquilidade para as férias da família e do peludo!


Alerta! É terminantemente proibido copiar os artigos deste blog sem citação da fonte. Plágio é crime previsto no Código Penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou do que leu? Vamos trocar ideias sobre o assunto? Comente aqui!

OBS.: não serão publicados comentários contendo xingamentos, palavrões, ofensas ou incitação a violência contra animais e/ou pessoas.